Mostrando postagens com marcador Livro Nacional. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Livro Nacional. Mostrar todas as postagens

Resenha: O Filho Da Queda: O Herege – T.C. Oaks

28 janeiro 2019


Um assassino serial aterroriza a cidade de São Paulo.
Apelidado de O Herege, por atacar e matar somente pessoas da classe sacerdotal, esse maníaco é conhecido por sua brutalidade e crueldade. O delegado Carlos Eduardo, responsável pela caça ao assassino, fará de tudo para capturá-lo. Sua oportunidade surge quando uma sobrevivente é encontrada vagando por São Caetano do Sul, nua e coberta de sangue.
Alheio a tudo isso, Jack, um jovem psiquiatra em ascensão, frustrado com o término de seu namoro, precisa lidar com um novo e complicado caso: o de uma assassina que se julga caçadora de criaturas das trevas.
De repente, ele se vê mergulhado em um verdadeiro pesadelo ao descobrir que as alucinações de sua paciente são mais reais do que ele gostaria de acreditar e Jack terá de lutar por sua vida ao confrontar uma criatura ancestral que lhe revela que o mal é eterno.
Edição: 1 ° Editora: Independente ° ISBN: B0771NJY9D ° Ano: 2017 ° Páginas: 464

Resenha: Quando O Mal Tem Um Nome - Glau Kemp

21 janeiro 2019


“Sinto medo. O tipo de medo que persegue até a presença de outras pessoas. Segue até a luz e entra nas cobertas. Não está debaixo da cama ou dentro armário. Está em minha pele e tem um nome. Não pergunte. Não descubra. Nunca saiba o nome do seu medo, ou irá chamá-lo... Seus lábios podem estar selados, mas sua mente repetirá: Donavan... Donavan... Donavan.”
Na Aparecida dos anos 70, uma cidade erguida no centro de um milagre, conhecemos a história de Marta e sua filha Clara. De sua terra cultivada por fé a malignidade cresce no coração de uma mãe devota. As orações que a padroeira não atende são feitas agora para eles: anjos caídos. Ela não deveria saber o nome do demônio que atendeu sua prece, e a abominação despertada é tão grande que todos vão pagar pelo seu pecado. O mal só precisava que alguém o chamasse pelo nome e agora está entre nós.
"Faça uma oração antes de dormir e deixe a luz acesa. Se vir a fé em seus olhos, talvez vá embora. Mas ele virá” 

Edição: 1 • Editora: Amazon  ISBN: B077NV4K3B • Ano: 2017 • Páginas: 204 








Quando o Mal tem um Nome foi a estreia pública da autora nacional Glau Kemp, ao meu ver a trama está mais para uma novela de terror que para um conto e nos conta de certa forma a história de uma família marcada pelo mal. 

A Garota das Sapatilhas Brancas - Ana Beatriz Brandão

15 janeiro 2019


Ele foi o farol que a salvou da escuridão. Ela devolveu as cores ao mundo dele. Da mesma autora de O garoto do cachecol vermelho
Daniel Lobos vive a vida plenamente. Dono de um coração enorme, o jovem divide seu tempo entre duas paixões: a música e as causas sociais. Até que seu caminho cruza o de Melissa, uma bailarina preconceituosa e mesquinha, que põe à prova aquilo em que ele mais acredita: que todo mundo merece uma segunda chance.
Este romance mostra, através das lembranças de diversos personagens já conhecidos em O garoto do cachecol vermelho e amados pelo leitor, como as nossas decisões podem afetar o nosso destino.
Respire fundo e venha descobrir o que levou Daniel a ter tanta fé em Melissa, quando ninguém mais acreditava nela. Toda história tem dois lados, e agora é a vez de conhecer a do garoto do cachecol vermelho.

Edição: 1
Editora: Verus Editora
ISBN: 9999097354145
Ano: 2017
Páginas: 182

Resenha: Ciclo da Morte (Santuário da Morte #1) - Thais Lopes

27 junho 2018


Já faz tempo que o mundo mudou, quando os seres sobrenaturais revelaram sua existência. A humanidade aceitou que não estava sozinha e seguiu em frente, certa de que não teria mais surpresas. Porém, o Outro Mundo ainda guarda seus segredos.
Kelene passou anos tentando levar uma vida normal e ignorando as memórias que não deveria ter. Mas, quando Lucio se torna seu inquilino, qualquer chance de normalidade desaparece: além de ser um vampiro fugitivo, ele está sendo caçado pela mesma pessoa que jurou matá-la.
Os dois se veem presos a uma armadilha antiga, que está se fechando ao seu redor. Uma força do passado despertou, reacendendo um conflito que o Outro Mundo pensava ter acabado – e que tem ligação direta com eles.
Mas o que alguém pode fazer quando a própria Morte é ameaçada?

Edição: 2
Editora: Senhor da Lenda
ISBN: B07BNLJ172
Ano: 2018
Páginas: 280


Oiee, até que enfim criei vergonha na cara pra postar essa resenha, mais do que atrasada.
Ciclo da Morte foi a minha porta de entrada para o universo fantástico da Thais e eu me surpreendi ao me viciar completamente na história.
Eu tenho um imenso prazer em dizer que betei essa reescrita de Ciclo da Morte e também li a versão anterior (por curiosidade) e para poder comentar sobre a evolução da obra entre uma edição e a outra.

Resenha: Revelação (Santuário da Morte #0) - Thais Lopes

22 maio 2018


E se o que você pensa ser fantasia fosse real?
Por muito tempo, os seres sobrenaturais esconderam sua existência. O segredo os manteve vivos, mesmo que as lendas vindas do passado nunca houvessem desaparecido completamente. O avanço da tecnologia destruiu qualquer chance de continuarem a se esconder, e o Outro Mundo se viu forçado a revelar que não era apenas fruto da imaginação.
Dois metamorfos vivendo entre a humanidade, Camila e Felipe nunca pensaram que seriam parte dos planos do Outro Mundo. Muito menos que estes planos fossem envolver Luiz, um amigo humano que não fazia ideia do que eram. Mas nada poderia prepará-los para a reação da humanidade - e para o que logo se transformaria em uma verdadeira caçada.

Edição: 2
Editora: Senhor da Lenda
ISBN: B079DNQB65
Ano: 2018
Páginas: 118
Compre o seu na Amazon: Revelação - Thais Lopes


Olá pessoal, ando meio sumida, meus horários estão desregulados, estou praticamente louca nos últimos dias, mas resolvi que vou usar essa semana pra me organizar, se eu não tiver um derrame até sexta. Dramas e exageros à parte, hoje eu trago para vocês a resenha de Revelação da Thais Lopes que eu já deveria ter publicado há um bom tempo, mas procrastinei (pra variar). Já tem uma resenha desse livro aqui, no blog e ela é da Ray, dessa vez o ponto de vista que vocês terão sob a história é o meu. ;)

Resenha: Sol em Júpiter - Lola Salgado

18 maio 2018



Sol Leão é uma famosa Youtuber de Florianópolis. Apaixonada pela sua “juba”, que dá nome ao canal, a jovem mostra ao mundo seu estilo e sua vida perfeita em vídeos divertidos e calorosos. No entanto, a vida real pode ser um pouco diferente disso, e um jovem com o estranho nome de Júpiter aparece para balançar o mundo de Sol e questionar as certezas que ela achava que tinha.




Edição: 1
Editora: Harlequin
ISBN: 9788595082298
Ano: 2018
Páginas: 256



Oieee, hoje eu trago para vocês a resenha de Sol em Júpiter, livro lindo da Lola Salgado publicado recentemente pela editora Harper Colins Brasil.
Sabe aquelas leituras divertidas e leves ideal pra se fazer depois de um dia/semana/mês difícil?
Com certeza é esse livro!

Divulgação ABERST: Lord Byron's Ghost Story Challenge 2018

14 maio 2018

Oi gente, passando pra dividir com vocês o Super Evento promovido pela ABERST, que terá a sua primeira edição esse ano e que com certeza será um sucesso a se repetir por vários e vários anos.

O Evento será organizado por uma associação responsável e íntegra formada por vários entre os melhores autores dos gêneros Romance Policial, Suspense e Terror da atualidade. Que sem dúvidas lhe proporcionaram uma noite animada e bastante construtiva intelectualmente. 
Por isso aproveitem, invistam num evento bem desenvolvido e cuidado com as imitações. 


Confiram mais sobre tudo o que o Lord Byron's Ghost Story Challenge vai proporcionar:

No famoso “ano sem verão” de 1816, Lord Byron convidou alguns amigos escritores para passar a noite em sua casa, a Villa Diodati. Com tempestades do lado de fora, os integrantes conversavam sobre fantasmas, ciência e literatura. A tensão sexual entre eles, os demorados debates regados a vinho, e a especulação sobre forças naturais e sobrenaturais foram a base para histórias escritas pelos participantes, como “Frankenstein”, de Mary Shelley e “The Vampyre”, de John Polidori, que serviu de inspiração para Drácula, de Stoker.

Inspirados nas noites que Byron apelidou de “Ghost Story Challenges”, a ABERST decidiu criar o nosso próprio desafio. Vamos passar uma noite fria num casarão, a Casa Geek, contando e criando histórias de terror e suspense. A atmosfera será macabra, à luz de velas e com música sinistra. O frio contribuirá com a ambientação fantasmagórica. O melhor de tudo isso? As histórias criadas serão publicadas pela Monomito Editorial.

Como funciona?
A noite começará com 3 workshops: Estrutura do Conto (Fábio Fernandes), Descrição e Ambientação (Cláudia Lemes) e Minicontos (Jhefferson Passos). Então os convidados receberão prompts e ideias para desenvolverem seus contos. Teremos uma pausa para o jantar (quem chamou pizza?), e então iniciaremos os trabalhos de escrita, com pausas regulares para a leitura de contos consagrados de terror. Pela manhã, teremos um café-da-manhã e nos despediremos, jurando manter em segredo as revelações da noite.

Os escritores terão um prazo para enviar os contos prontos, que passarão por um processo de edição pela Monomito Editorial. Os contos serão publicados na antologia Confinados*, e cada escritor receberá um exemplar, além de 10% de direitos autorais (divididos entre os autores) em cima das vendas.

Investimento:
Para associados da ABERST, o valor é de R$ 450,00.
Para não associados, R$ 550,00.
Pagamento via PagSeguro (possibilidade de parcelamento em até 12x)

O valor dá direito a:
Hospedagem de 12 horas na Casa Geek +
Kit boas vindas + Jantar + café-da-manhã + todos os cursos + certificado de participação + participação na antologia e todo o processo editorial + 1 exemplar impresso do livro

Data: 21 de Julho de 2018
Horário: 20h00 do dia 21/07 - 08h00 dia 22/07
Local: Avenida Iraí, 1363, Planalto Paulista, São Paulo, SP

Quer participar? Inscreva-se Aqui

Resenha: A Casa dos Pesadelos - Marcos DeBrito

09 maio 2018


Dez anos depois de estar cara a cara com aquela assombração, Tiago finalmente concorda em voltar à mesma casa para visitar sua avó. Agora adolescente, ele pretende provar para si mesmo, que a terrível imagem que o aterrorizara nas madrugadas por tanto tempo, não passava de uma criação tenebrosa da infância. Mas, ao chegar no casarão, o jovem se depara com o misterioso quarto de seu falecido avô, agora mantido fechado, e tratado como espaço proibido. As restrições com relação ao aposento, as sensações e barulhos no meio da noite logo alimentam nele a suspeita de que algo terrível habita o local. Tomado por uma estranha coragem e desejo de ver-se finalmente livre do medo, tudo que o rapaz deseja é descobrir o que há por trás daquela porta. Então, o pesadelo toma novo impulso quando a figura sombria da infância mostra-se real novamente... mas, desta vez, ela quer atacar o seu irmão mais novo. Determinado a impedir que o caçula passe por terror semelhante, Tiago, mesmo apavorado, decide enfrentar a criatura. E o que descobre expõe terríveis segredos do passado que ninguém poderia imaginar.
Edição: 1
Editora: Faro Editorial
ISBN: 9788595810099
Ano: 2018
Páginas: 144
Exemplar recebido como cortesia do autor


Alô Brasil, hoje eu trago para vocês a resenha de A Casa dos Pesadelos do autor Marcos DeBrito. Esse é o meu primeiro contato com a escrita do autor, mas eu já havia ouvido falar maravilhas do seu livro Escravo de Capela, que eu ainda quero muito ler.

Divulgação: Quando a Escuridão Bate A Porta - Antologia Editora Sinna

07 maio 2018

Oi Pessoal, hoje eu estou passando por aqui para divulgar para vocês o lançamento de uma antologia publicada pela Editora Sinna em que a Débora Mattana uma das parceiras aqui do blog está participando. A Antologia chama-se Quando a Escuridão Bate a Porta e vocês podem conferir a sinopse dela abaixo:


Sinopse: Quando as pedras no caminho impedem a travessia e as sombras da depressão engolem as almas atormentadas, resta apenas o desespero dos inocentes e o verdadeiro filme de terror se inicia.
As feridas abertas causam dores insuportáveis, deixando somente lágrimas e, no fim, a sombra da morte encerra toda a luz interior. Na coletânea de contos “Quando a escuridão bate à porta”, cada escritor expressa bem estes sentimentos com personagens instigantes à espera de alguém para levá-los a um banho de sol.






A Antologia está em Pré-Venda e vocês podem adquiri-la no site da Editora Sinna - Clicando Aqui 

Resenha: A Corte Infiltrada - Andrea Nunes

27 abril 2018



Sinopse: Um monge budista morre misteriosamente em um quarto de hotel em Brasília horas antes de um encontro com o presidente do Supremo Tribunal Federal, com pouca repercussão na grande mídia. Neurocientistas de um instituto de pesquisa do Recife desenvolvem uma poderosa máquina de estimulação magnética transcraniana. Um repórter investigativo, bonito e atraente como manda o figurino, faz pesquisas para uma matéria sobre o novo sistema de telecomunicações a ser implantado no STF, que será criptografado e à prova de escuta. A partir destes eventos aparentemente desconectados Andrea Nunes constrói a trama de "A Corte Infiltrada", um intrigante thriller policial trespassado pela realidade brasileira atual, em que julgamentos do STF são acompanhados como telenovelas e o crime organizado perpetra barbáries medievais em presídios e nas ruas de todo o país para consolidar e expandir seu poder. Como é indispensável na literatura de mistério, os fatos sempre estão à frente do leitor. O enredo avança com engenhosa mobilidade de cenários, em uma sucessão de reviravoltas e revelações, pontuado por enigmas escondidos em mandalas e armas neurológicas, enquanto você é apresentado a revoluções deste novo milênio como o iBrain. Durante a leitura sua mente estará em permanente estado de arrebatamento graças à sedutora corte que a escrita de Andrea Nunes lhe faz. Afinal, a literatura ainda pode ser uma surpreendente mistura de realidade e ficção.

Edição: 1
Editora: Buzz
ISBN: 9788593156090
Ano: 2017
Páginas: 262


Resenha: Um Eduard - Luciano Quemello Borges

16 abril 2018


Um homem atormentado e uma psicóloga são os personagens centrais de uma obra que trata dos conflitos contemporâneos, sejam os amorosos ou os superficiais, numa época em que o encantar-se, o apaixonar-se, o gostar e o amar se confundem. O livro traz à tona a reflexão sobre o medo de acreditar na existência de alguém ideal para se envolver, os encontros e desencontros com corações de isopor e as cansativas paixões de porcelana, quase sempre influenciadas pelas redes sociais e pelos aplicativos de conversas

Edição: 1
Editora: Papirum
ISBN: 9788567640044
Ano: 2017
Páginas: 173
Adquira o seu diretamente com o autor - @LucianoQuemello


Olá, hoje eu trago para vocês a resenha da obra nacional Um Eduard, escrita pelo autor Luciano Quemello Borges. Uma obra onde o autor desenvolveu um personagem tão paradoxo que confesso que é difícil eu ter certeza se o admiro ou o detesto.

Resenha: Arroz, feijão, crimes e farofa/Ou O Banquete das hienas - Bia Onofre

09 abril 2018


Sexo, desejo, morte, vingança, ciúme, amor. Os contos, nanocontos e o romance escritos por Bia Onofre navegam por temas universais que vêm pautando a literatura de autores clássicos como Shakespeare, Victor Hugo ou García Márquez há séculos. No entanto, com uma palavra afiada e sem medo de cortar na pele de quem lê, a bússola da pena de Bia Onofre aponta para um autor bem mais próximo (no tempo e no espaço) dos brasileiros: Rubem Fonseca.
Ao ler a obra, o leitor será convidado a sentar-se à mesa e degustar um cardápio de personagens comuns e insuspeitos, que carregam toda a complexidade da alma humana, mas que, justamente por isso, não deixam de provocar um gosto indefinível emcada história mastigada, que deixará seus olhos de boca aberta.
Arregace as mangas e... bom apetite!


ISBN: 978855161402
Edição: 1ª 
Ano: 2017
Editora: Giostri


Olár, crianças, eu não morri.
Vou poupá-los dos detalhes do meu hiato, e dizer apenas que esse retorno foi em grande estilo.
Já havia sido apresentada à escrita de Bia com o sensível, mas nem por isso menos angustiante, Restos de Nós. Ali, Bia já mostrava não ter medo algum em causar desconforto e deixar uma marca indelével que nos faz pensar por dias no que foi lido, até que a absorção daquele conteúdo seja completa.
Com "Arroz, feijão, crimes e farofa", entretanto, o impacto é mais brutal.
Não é apenas um desconforto no pé do estômago, mas um chute no meio dele.

Resenha: Coisas Inatingíveis - Danilo Leonardi

19 março 2018



Em “Coisas inatingíveis”, quatro histórias se entrelaçam numa trama de tirar o fôlego e que fará você repensar sua vida. Cristina, Raí, Bianca e Bernardo. Jovens com diferentes visões, diferentes caminhos, mas com um único anseio: aproveitar cada dia como se fosse o último. Danilo Leonardi, com seu estilo próprio, vai direto ao ponto, sem rodeios, em temas difíceis de lidar.
“O universo jovem-adulto com sexo, drogas e rock n’roll embalados por toques de absurdo.” Raphael Montes 
– Você promete?
Ela sempre está atrás de mim. Estou debruçada à janela do hospital, mas a voz causa um formigamento na minha nuca. E eu me lembro dessa conversa, porque ela nunca chegou ao fim.
– Prometo o quê? – Pergunto, mas já sei a resposta.
Então a vejo fazendo uma coisa inédita. Ela se levanta, careca, magra, vestindo nada além de uma camisola hospitalar. Perfeita.
– Que vai parar de viver no passado. – Ela caminha até a mim e começa a trançar meu cabelo, como quando eu era criança. Quase posso sentir seu perfume, embora ela não usasse perfume no hospital. – A felicidade só vai te encontrar se você parar de se esconder.
– Tenho medo do futuro – sussurro.
Edição: 2
Editora: Editora Planeta
ISBN: 9788542210736
Ano: 2017
Páginas: 224


Divulgação: Indigesto - Contos Gástricos de Flávio Karras

19 fevereiro 2018

Oi gente, hoje eu estou aqui para divulgar um livro nacional que está disponível na Amazon.br e é voltado para o público que curte o bom e velho terror, essa capa me faz pensar se é Gore, e isso eu sou vou poder falar com certeza após a leitura.
Confiram a sinopse:



Sinopse: Quem nunca lidou com algo indigesto?
Parentes, trabalho, aborrecimentos do cotidiano, um filme patético, o noticiário político... exemplos não faltam.
Nesta coletânea busquei dar forma aos temas do dia-a-dia muitas vezes ignorados ou sequer imaginados que o apetite pode esconder.
Numa narrativa simples e intercalada com doses de terror, fantasia e humor leviano apresento situações envolvendo alimentação além do caráter nutricional e biológico, mas a função social que o simples ato de comer representa.
Que esta publicação possa embrulhar seu estômago e sua mente de forma agradável.

Resenha: Acordei Casada

14 fevereiro 2018




Sinopse: Na noite de sua formatura em medicina, Sófia e suas amigas resolveram ir a uma festa. Embora nunca fora muito de beber, Sófia, nessa noite, acabou exagerando nos drinks e uma única noite de bebedeira mudou sua pacata vida para sempre quando se deu conta de que da noite para o dia, Sofia acordou casada com um lindo rapaz que nunca viu na sua vida.
Fred é um rapaz ambicioso, nunca gostou de estudar e nem trabalhar, sempre foi malandro. Ao ver uma linda moça totalmente bêbada, aproveita da situação e faz a maior loucura da sua vida: casa com a garota na mesma noite e no estado em que ela se encontra.


Edição: 1
Editora: Independente
ISBN: ASIN:B071KB8QZB
Ano: 2017
Páginas: 243


Olá, hoje eu venho trazer minha primeira resenha negativa do ano. É triste, mas infelizmente nem só de boas leituras que a gente vive "né non???" Então, eu quero primeiro explicar que eu não iria ler o livro e muito menos resenha-lo, mas acabei fazendo a leitura devido a curiosidade de ver uma sinopse tão abusiva e ler da autora que a trama não contém abuso. Precisei tirar a prova e depois alguns comentários meus no Facebook repercutiram em tanta polêmica e alegações de "inveja" e "ódio" a literatura nacional, que eu precisei vir aqui colocar explicadinho nos mínimos detalhes o porque de não ter gostado dessa leitura.

Então senta ai, pega a sua pipoca, que essa resenha vai ser bem detalhada e vai ter SPOILER!


Resenha: Morgenstern - Kelly Hamiso

09 janeiro 2018



Sinopse:"Sarah Vega é uma jovem dedicada aos estudos e à família. Além de estudar Fisioterapia, ajuda a mãe no carrinho de cachorro-quente e cuida do pai cadeirante. Um amor incondicional que ela só compartilha com os fiéis amigos. Paciente, está à espera do homem certo, alguém que fará a diferença em sua vida. Há quem diga que esse homem é Andreas, um rapaz charmoso e atencioso, completamente apaixonado por Sarah. Ela, apesar de querê-lo bem, não sente o mesmo. Uma inesperada visita a uma academia faz seu mundo virar de cabeça para baixo. Quando se depara com o campeão de MMA Hans Scheidemann – a Muralha Alemã –, Sarah se vê envolvida em um turbilhão de paixões e dúvidas. Afinal, Hans tem seus segredos, capazes até mesmo de colocar a garota em perigo. Tudo se complica ainda mais quando uma vidente lhe faz uma revelação inusitada: Sarah tem um dom especial e faz parte de um seleto grupo – as Estrelas da Manhã – do qual depende o equilíbrio do mundo. Numa trama tão alucinante quanto comovente, repleta de romance, esoterismo, ação e emoções à flor da pele, Sarah terá de fazer as escolhas certas. Disso depende não apenas seu futuro, mas o de toda a humanidade."
ISBN: 9788542809022
Ano: 2016 / Páginas: 368
Idioma: português
Editora: Novo Século





Oi pessoal, hoje eu trago para vocês a resenha de um livro que não me cativou o quanto eu esperava, mas tentarei ser o mais imparcial possível na resenha e espero que vocês leiam a obra e tirem as suas próprias conclusões.

Resenha: Tudo Nela Brilha e Queima - Ryane Leão

24 novembro 2017


Estreia em livro de Ryane Leão, criadora da página onde jazz meu coração, com mais de 150 mil seguidores nas redes
Livro de estreia de Ryane Leão, mulher negra, poeta e professora, criadora do projeto onde jazz meu coração, com mais de 150 mil seguidores nas redes. “a poesia é minha chance de ser eu mesma diante de um mundo que tanto me silencia. é minha vez de ser crua. minha arma de combate. nossa voz ecoada. nossa dor transformada. nela eu falo sobre amor, desapego, rotina, as cidades que nos atravessam, os socos no estômago que a vida dá, o coração desenfreado, a pulsação que guia as estradas, os recomeços, os dias, as noites, as madrugadas, os fins, os jeitos que a gente dá, as transições, os discos, os tropeços, as partidas, as contrapartidas, os pés firmes que insistem em voar, e tudo isso que é maluco e lindo e nos faz ser quem somos.”

Edição: 1
Editora: Planeta
ISBN: 9788542211801
Ano: 2017
Páginas: 192





Oi gente, olha eu aqui de novo com mais uma resenha e a obra da vez é a coletânea de poemas da Ryane Leão, Tudo Nela Brilha e Queima. A estréia da autora no meio impresso, mas Ryane Leão já é um nome bem conhecido no meio poético nacional, onde ela passeia pelo universo da escrita desde 2010 quando começou a compartilhar seus textos na internet.

Em Tudo Nela Brilha e Queima, Ryane nos brinda  com uma série de poemas capazes de falar profundamente ao coração das mulheres. Trazendo em suas páginas uma intensa representatividade, palavras de empoderamento feminino e muitas vezes de consolo para situações enfrentadas pela grande maioria das mulheres. A Obra fala de intensidade, de amor, de percas, de rompimento, de autodescoberta, entre outras coisas, fala de nós. É um livro escrito de uma mulher para outra. E como leitora assídua eu posso dizer que tem sido gratificante poder presenciar a ascensão desse movimento à cada dia, a tomada das mulheres a esse espaço que nos é de direito, dentro da literatura.

"do que sei agora
me vi anos atrás
e quis dizer pra mim
se ame
antes de tudo começar
depois de tudo terminar
e durante esses espaços todos
se ame"
- Ryane Leão 



Enfim, Tudo Nela Brilha e Queima é um livro Maravilhoso e empoderado. Cheio de representatividade, escrito por uma mulher negra e que escreve com a alma. Que em seus textos fala de perto com a gente, traduz o que muitas de nós sentimos, tantas e tantas vezes e retrata bem a nossa realidade. Se você é brasileita, provavelmente irá se identificar. Esse livro é um afago na alma! 

Super Recomendo ♥

Resenha: Mulheres - Carol Rossetti

16 novembro 2017




Em 2014, a ilustradora Carol Rossetti começou a desenhar mulheres diversas para testar seus lápis de cor. Nunca poderia imaginar que suas criações despretensiosas ganhariam o mundo e iriam viralizar na internet a ponto de se tornarem matéria na CNN.
Com um traço característico e frases inspiradoras, Carol quebrou tabus e espalhou uma mensagem que ecoou em mulheres do mundo todo: somos fortes, merecedoras de respeito e especiais do jeito que somos, independentemente de opiniões e julgamentos alheios.
Agora, essa mensagem ganha o formato de livro e inclui textos sobre os temas centrais abordados em suas ilustrações, como corpo, estilo, identidade, relacionamentos e superação.
“Existem mulheres negras, brancas, morenas, latinas, asiáticas, indianas, indígenas. Existem engenheiras, donas de casa, prostitutas, senadoras, artistas, executivas, atrizes. Há mulheres cegas, surdas, mudas. Mulheres bipolares, deprimidas, ansiosas.
Existem heterossexuais, lésbicas, bissexuais, arromânticas, pansexuais, assexuais. Mulheres cristãs, ateias, budistas, islâmicas.
Há mulheres que não são ativistas, que nunca ouviram falar em feminismo, que nunca discutiram racismo. Mulheres que lutam de formas diferentes, a partir de ideias que não conhecemos. Existem mulheres que têm vergonha de compartilhar suas escolhas por medo de serem julgadas. E mulheres que discordam de tudo isso que eu disse até aqui.
Cada uma tem sua própria história, e acredito que todas elas merecem ser ouvidas e representadas. Minha abordagem será abrangente, convidando todos os que dividem comigo essa ideia de liberdade a celebrar a diversidade do ser humano.
A Cara de quem era louca pra ter esse livro *__*


Oi Gente, 
Hoje eu vim aqui trazer para vocês a resenha de um livro lindo que eu ganhei de presente da linda Alice do blog Seguindo o Coelho Branco, que é o livro Mulheres da Carol Rossetti. 
Eu devorei o livro sem pena, assim que ele chegou e posso dizer que fiquei sem palavras para descreve-lo devido a tamanha beleza. 

Parceria: ABERST (Associação Brasileira de Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror)

18 outubro 2017


Oi gente, eu atrasei essa postagem, eu já deveria ter deixado essa noticia aqui há algum tempo, mas antes tarde que nunca "né non?" Então, o blog agora é parceiro da ABERST (Associação Brasileira de Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror) e eu tô como? SUPER RADIANTE DE FELICIDADE porque todo mundo que frequenta o conversas sabe que Romance policial é o meu gênero favorito EVER e Suspense e Terror, também estão no meu topo de prioridade de leituras. Então essa parceria é unir o útil ao agradável, porque eu terei a oportunidade de conhecer mais profundamente os autores nacionais do gênero e poderei estar recomendando por aqui, obras de um gênero que eu curto e que sempre recomendo para os meus amigos.

Resenha: Não Me Esqueças - Babi A. Sette

11 outubro 2017




Em um cenário de contos de fadas, Babi A. Sette convida o leitor a mergulhar em um mundo novo, repleto do encantamento que somente um amor de almas gêmeas pode realizar
Aos vinte e um anos, Lizzie deveria estar empenhada em fisgar um noivo e finalmente se casar. Entretanto, após uma decepção amorosa, o coração da jovem só palpita por sua grande paixão — os estudos sobre o povo e a cultura celtas. Esse interesse faz com que ela troque os concorridos salões de baile de Londres pelas estradas desertas e sinuosas das Highlands escocesas.
Ali, ela conhecerá Gareth, o enigmático líder do clã que vive no local mais remoto e bucólico da Escócia. Envolto em uma aura de mistério, ele luta para manter suas tradições, seus segredos e, principalmente, seu povo em segurança.
Enquanto o austero Gareth tem a vida toda sob controle e resiste a mudanças, Lizzie está muito entusiasmada com suas explorações e descobertas. Porém a vida de ambos é alterada de maneira inexorável quando uma fatalidade transforma a tão sonhada aventura de Lizzie em pesadelo.
Vindos de mundos tão diferentes, mas unidos por uma atração irresistível, Lizzie e Gareth vivem uma paixão proibida e desafiadora, sem saber que finalmente poderão encontrar aquilo que só ousavam buscar em sonhos.

Edição: 1
Editora: Verus
ISBN: 857686617X
Ano: 2017
Páginas: 350

Onde Encontrar?


Olá pessoas, hoje eu estou aqui bem feliz para trazer para vocês a resenha de Não Me Esqueças, o mais novo romance de época da Babi A. Sette, que eu tive o prazer de ler recentemente e mais uma vez me apaixonei com a escrita da Babi - Maravilhosa!