Mostrando postagens com marcador Literatura Pop. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Literatura Pop. Mostrar todas as postagens

Resenha - Na teia do Morcego, de Jorge Miguel Marinho

04 março 2015

Antes de tudo, segura a trilha sonora do livro e da vida, segundo Herman Hesse Montenegro, o Robin Tupiniquim.



Agora vai o post...


Edição: 
Editora:Gaivota
ISBN: 9788564816299
Ano: 2012
Páginas: 256

SinopseSe o herói desta narrativa é ou não o mesmo Batman das histórias em quadrinhos, este é o desafio para o leitor. Será que o Cavaleiro das Trevas se mudou para o centro de São Paulo e, por razões íntimas, não pretende retornar a Gotham City? Neste livro ele revela a sua máscara mais humana e vive uma aguda crise existencial; ser ou não ser herói. Pode ser ele o assassino de Abigail Aparecida Chaud ou qualquer um dos outros personagens que são flagrados por uma luneta cruel e formam um painel, vivendo na atmosfera agitada e penumbrosa de uma metrópole igualmente cruel. Jovens curiosos, velhos solitários, pessoas desvalidas, seres entusiasmados e tantos outros, todos eles são suspeitos do crime e vítimas da existência pelo simples fato de existir. Quem narra é igualmente suspeito porque se esconde numa teia dos mais diversos meios de comunicação - cartas, diário, telefonemas, telegramas, internet, gravações, notícias de jornal, de rádio, de televisão e até uma ata de condômino.

Resenha: Histórias Extraordinárias, de Fernando Bonassi

17 dezembro 2014

Edição: 
Editora: Conrad
ISBN: 8576161028
Ano: 2005
Páginas: 136
SinopseUm menino preso por 30 anos em uma foto escolar. A macumba de uma fã apaixonada por Michael Jackson na periferia de São Paulo. A autorreflexão de um homem que se compara a um cachorro. Neste livro, Fernando Bonassi explora toda a sua capacidade criativa para contar junto com o ilustrador Caeto pequenas histórias extraordinárias.


Resenha - A morte de D.J em Paris, de Roberto DrummondDefinição

16 setembro 2014

Edição: 2ª
Editora: Ática
ISBN:  8573024402
Ano:1977
Páginas: 100

Sinopse: Em dez contos, o escritor mineiro revela a delicada fronteira entre realidade e fantasia. O clima urbano e a linguagem direta permitem que o leitor se torne cúmplice destas narrativas curtas sobre o homem contemporâneo e seu mundo fragmentado e paradoxal. Lançado primeiramente em 1975, por suas inovações estilísticas e de linguagem, o livro rendeu ao seu autor o prêmio Jabuti do ano.




Minhas Opiniões sobre o Livro
Bem, depois de me lascar me aventurando em mares desconhecido, volta o cão arrependido ao seu habitat natural: a loucura. Este é mais um daqueles livros que quando a gente vai indicar pra alguém e perguntam sobre o que é, a gente se limita a dizer:
 -Lê aí, que você vai ver.

Resenha de Sayonara, Gangsters de Geni'Chiro Takahashi

15 julho 2014

Edição: o exemplar que possuo não apresenta esta informação
Editora: Ediouro
ISBN: 8500020113
Ano: 1982
Páginas: 295
Tradutor: Jefferson José Teixeira


Sinopse

O livro trata da vida insana de um professor de poesia,alterada da noite para o dia e para sempre por um grupo terrorista denominado Os Gangsters. Ao mesmo tempo que original e profundo,Sayonara,Gangsters é acessível,uma obra literária pós - moderna única,que procura entender em vez de intimidar. Desde a extravagância do seu começo, que pode ser lido como referência à guerra contra o terrorismo, até o final grave,devastador, e através de seu lirismo pungente, este primeiro romance de Takahashi,publicado no Brasil, é como um alucinógeno criado para fãs de literatura.