Mostrando postagens com marcador Distopia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Distopia. Mostrar todas as postagens

Resenha: Destino Mortal (Destiny #1) - Suzanne Brockmann

07 março 2017




Edição: 1
Editora: Valentina
ISBN: 9788565859233
Ano: 2014
Páginas: 536
Tradutor: Renato Motta
Compre na Amazon
Sinopse: Expulso de um grupo de elite de forma desonrosa, o ex-Navy SEAL Shane Laughlin está com seus últimos 10 dólares no bolso quando, finalmente, consegue um emprego para participar de um programa de testes no Instituto Obermeyer (IO), uma fundação de pesquisas e desenvolvimento desconhecida do grande público e que trabalha com atividades secretas.
Logo, Shane descobre que existem certos indivíduos que têm a habilidade única de conseguir acesso a regiões inexploradas do cérebro, com resultados extraordinários, incluindo telecinesia, força sobre-humana e reversão do processo de envelhecimento. Conhecidos como Maiorais, essas raras figuras são criadas ou recrutadas pelo IO, onde, rigorosamente treinadas com o auxílio de técnicas ancestrais, conseguem cultivar seus poderes e usá-los de forma responsável.
No entanto, nas profundezas da segunda Grande Depressão dos Estados Unidos, onde o abismo social entre os que têm muito e os que não têm nada ameaça a ordem de forma definitiva, ricaços imprudentes descobriram uma alternativa sedutora na forma de um novo produto: Destiny. Trata-se de uma droga de fabricação quase artesanal, capaz de transformar qualquer pessoa num Maioral, além de oferecer a atração especial de garantir a juventude eterna para o usuário.
O cartel sinistro conhecido como a Organização começou a produzir Destiny em larga escala, e a demanda pela droga se tornou epidêmica. Poucos, porém, sabem do verdadeiro perigo da nova droga, e são ainda em menor número os que detêm o segredo sujo do ingrediente crucial para a fabricação da substância.
Michelle “Mac” Mackenzie é uma das poucas que conhecem toda a verdade.

Resenha: Imperfeitos (Flawed #1) - Cecelia Ahern

24 fevereiro 2017



Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581636535
Ano: 2016
Páginas: 320
Compre: Amazon - Saraiva
Sinopse: Celestine North vive em uma sociedade que rejeita a imperfeição. Todos aqueles que praticam algum ato julgado como errado são marcados para sempre, rechaçados da comunidade, seres não merecedores de compaixão.
Por isso, Celestine procura viver uma vida perfeita. Ela é um exemplo de filha e de irmã, é uma aluna excepcional, bem quista por todos do colégio, além do mais, ela namora Art Crevan, filho da autoridade máxima da cidade, o juiz Crevan.
Em meio a essa vida perfeita, Celestine se encontra em uma situação incomum, que a faz tomar uma decisão instintiva. Ela faz uma escolha que pode mudar o futuro dela e das pessoas a seu redor.
Ela pode ser presa? Ela pode ser marcada? Ela poderá se tornar, do dia para a noite Imperfeita?
Nesta distopia deslumbrante, a autora best-seller Cecelia Ahern retrata uma sociedade em que a perfeição é primordial e quem cometer qualquer ato falho será punido. A história de uma jovem que decide tomar uma posição que poderá custar-lhe tudo.

Resenha: Clímax - Chuck Palahniuk

31 outubro 2016



Edição: 1
Editora: Leya
ISBN: 9788544102633
Ano: 2015
Páginas: 224
Tradutor: Érico Assis
Sinopse:O mesmo autor de Clube da Luta apresenta um retrato afiado do feminismo, do prazer sexual e do apocalipse do marketing em uma nova narrativa sobre as psiques desconjuntadas de homens e mulheres contemporâneos. Penny Harrigan é uma jovem recém-formada em Direito que trabalha no maior escritório de advocacia de Manhattan. Vinda do meio-oeste, ela mora em um apartamentinho no Queens com duas colegas e há tempos não tem nem sinal de vida amorosa. Por isso, imagine o choque que leva quando C. Linus Maxwell – ou “ClíMax”, o megabilionário famoso por casos com as mulheres mais lindas e cobiçadas do planeta – a convida para jantar? Pois ele não só a leva ao restaurante mais badalado de Nova York, como também a uma cobertura em Paris onde, caderneta à mão, começa a conduzi-la por dias e dias de ápices insonháveis de prazer orgásmico. Vai reclamar? Sim: Penny descobre que é a cobaia na etapa final de pesquisa e desenvolvimento da Beautiful You, uma linha de apetrechos sexuais que serão vendidos às mulheres do mundo todo numa cadeia multinacional de lojas. Milhões de mulheres fazem fila para abastecer-se do catálogo de aparelhinhos, tão potentes e eficazes que, por todo o globo, elas chegam em casa, trancam-se no quarto e não saem mais – a não ser quando precisam de pilhas. Alguém precisa deter o plano de Maxwell de dominar o mundo usando o prazer erótico. Mas como?

 “Chuck Palahniuk anda com sexo na cabeça (...) Mas não estamos falando de 50 Tons de Cinza. Clímax é praticamente um dedo do meio para a mommy porn e para a fama do erotismo moderno – e, ao mesmo tempo, uma sátira esperta sobre misoginia, fama, moda, autoajuda e ciência.” – USA Today 


“Palahniuk continua a extrapolar os limites nesta sátira sobre sexo e consumismo.” Publishers’ Weekly “Surpresa e diversão genuínas.” – The Times


Resenha: Espelho dos Olhos - Nicolas Catalano

26 janeiro 2016




Ficha Técnica
Autor:
Nicolas Catalano
Editora: Novo Século
ISBN: 9788542805642
Ano: 2015
Páginas: 464
Classificação: 5/5 ♥
Sinopse: E, se por causa de uma revelação, sua vida mudasse? E, se por causa de ser quem você é, as pessoas te julgassem sem ter conhecimento algum? Revelar-se, às vezes, pode não ser uma boa ideia. Mas é preciso.
Enquanto Evangellyne Allins tenta sobreviver a uma Escola tirana, num país onde cores de olho, Elites e Classes de Talento são o que importa, a vida de seu querido pai está em tremendo risco. Esse foi o preço de sua manifestação.
Será que valerá a pena enfrentar todos os seus reflexos mais profundos e íntimos pela pessoa mais amada?
Tortura. Medo. Aversão. Evangellyne será forçada a descobrir-se quer queira quer não. Ela será obrigada a arcar com as consequências desoladoras de sua manifestação; e seu interno, o estado Espelho dos Olhos, a transformará inconscientemente.

Sabe aquelas resenhas de quando o livro é bom demais e que você nem sabe por onde começar, porque parece que você tá falando de mais, ou de menos? Pois bem, essa é uma dessas. Já fiz três rascunhos e em nenhum eu consigo organizar meus pensamentos, por isso eu deixei os rascunhos de lado e decidir vir e fazer direto aqui. Espero que vocês Curtam!

Resenha: Dois Mundos - Simone O. Marques (Tesouros da Tribo de Dana #1)

04 janeiro 2016





Informações Técnicas
Edição:1 Editora:Tribo das Letras
ISBN: 9788567208947
Ano: 2015
Páginas: 210
Sinopse:
"As mudanças chegaram em ondas. A primeira destruiu armas, eliminou qualquer tipo de tecnologia que possibilitasse reconstruí-las. A segunda destruiu todos os templos religiosos e, então, a terceira onda veio devastadora... desastres naturais varreram a terra, países inteiros simplesmente sucumbiram sob maremotos, terremotos, furacões e tornados. Uma jovem é considerada a responsável por todas as mudanças e pode ser a única capaz de trazer de volta a esperança para mortais e deuses..."


Livro recebido em parceria com a editora Tribo das Letras


Antes de começar a resenha eu vou esclarecer que este livro já havia sido lançado anteriormente com outro nome "Os Deuses do Mar" por duas editoras diferentes a Modo e a Literata, agora nessa edição pela tribo das letras ele recebeu uma nova capa e sofreu a alteração do título. Esclarecido isso voltamos a resenha.


Resenha: Fragmentados - Neal Shusterman

12 setembro 2015




Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581635194
Ano: 2015
Páginas: 320
Tradutor: Camila Fernandes
Sinopse:
Fragmentados - Em uma sociedade em que os jovens rejeitados são destinados a terem seus corpos reduzidos a pedaços, três fugitivos lutam contra o sistema que os fragmentaria .
Unidos pelo acaso e pelo desespero, esses improváveis companheiros fazem uma alucinante viagem pelo país, conscientes de que suas vidas estão em jogo. Se conseguirem sobreviver até completarem 18 anos, estarão salvos. No entanto, quando cada parte de seus corpos desde as mãos até o coração é caçada por um mundo ensandecido, 18 anos parece muito, muito longe.
O vencedor do Boston Globe-Horn Book Award, Neal Shusterman, desafia as ideias dos leitores sobre a vida: não apenas sobre onde ela começa e termina, mas sobre o que realmente significa estar vivo.

Resenha: Primeira Alvorada - O Sol, de J.H. Paschoal

18 agosto 2015

Edição: 1
Editora: Idea
ISBN: 9788588121546
Ano: 2012
Páginas: 256
Sinopse:
Primeira Alvorada – O Sol, da Trilogia Primeira Alvorada (A Lua, O Sol, O Céu), o misterioso passado de Arthur, seus ancestrais e do mundo que os cercam começa a vir à tona.
Fragilizada pelo combate repentino contra os Oken Anfalls, que resultou na perda do SAM de transporte da caravana, o grupo de exploradores liderados por Arthur esforça-se em uma luta contínua pela sobrevivência. A jornada leva os viajantes através de ambientes diversos, inéditos e longínquos.
A busca pelo segredo de Rontar di Drako trará muitas surpresas. Entre uma aventura e outra, finalmente os expedicionários deparam-se com a estátua do “gigante de braços abertos”, onde se tem início uma série de descobertas .Entre duelos violentos e batalhas grandiosas, o poder premonitório de Ânia cresce a cada dia, enquanto Sora começa a desconfiar de que o grupo possui perseguidores ocultos e perigosos.
Quais os segredos guardados pelas ruínas de um império? Qual é o preço a ser pago por essa descoberta? As respostas para essas perguntas afetarão o destino do mundo todo e criarão uma lenda ainda maior que os guerreiros Drako.

Resenha: Supernova- O encantador de flechas, de Renan Carvalho

20 maio 2015




Edição:
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581636795
Ano: 2015
Páginas: 440
Sinopse: Imersa em uma ditadura implacável, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que utiliza os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir direitos para a população. Do outro, um governo tirano, resguardado por soldados especialistas em aniquilar magos — nome vulgar dado aos praticantes da tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, que, após ser tragado para a rebelião, tenta aprender mais sobre sua misteriosa habilidade de encantar objetos com a energia dos elementos.
Com uma narrativa envolvente e reviravoltas incríveis, Supernova: O Encantador de Flechas é um livro que vai arrebatar os fãs de fantasia.

Resenha

Quando recebi meu exemplar em casa, suspirei pesadamente. Logo imaginei que seria mais um infanto-juvenil copiado de tantos outros.
Só de olhar a capa e ler a sinopse, a preconceituosa aqui pensou: lá vem mais uma distopia adolescente, provavelmente uma mistura sem sal de Harry Potter e Jogos Vorazes.
Não poderia estar mais equivocada (\o/ YAY!!!). A má impressão não resistiu à primeira página, e logo estava apaixonada, tamanha a habilidade da escrita do Renan.
Logo no princípio do livro, o autor deixa claro que, apesar de envolver magia, a revolta da trama é focada na luta financeira e política entre o Governo e os comerciantes que, apenas por acaso, também são  magos.

Contextualizando - Utopia x Distopia

24 abril 2015

Não, essa não vai ser a luta do século. Hoje vamos fugir da sequência de resenhas no blog e vamos conhecer um pouco mais de dois gêneros literários bem famosos entre os leitores. A Utopia e a Distopia. Acho que quase todo mundo já ouviu falar deles e sabe que um antagoniza o outro, mas hoje vocês poderão entender mais disso em um contexto histórico.



Hoje você está presenciando o nascimento da nossa nova coluna: Contextualizando e espero que gostem.

Clique em Leia mais e enjoy

Resenha: Sombras do Medo - Camila Pelegrini

06 abril 2015

Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Garcia Edizioni
ISBN: 9788565490764
Ano: 2014
Páginas: 200
Leia a Sinopse no Skoob

Resenha


Sombras do Medo é uma distopia fantástica que nos passa uma mensagem muito forte através da metáfora em que baseia-se o mistério presente na trama. Recebi o livro através da parceria com a autora e quero desde já agradecer a Camila a oportunidade de conhecer o seu mundo.

Como é de praxe numa distopia, após anos de devastações causadas pelo homem o planeta Terra se deteriorou, e o pouco de área verde que restou foi monopolizado por uma "elite" que se autointitula de SINGULARES. Essa casta subjugou outros seres humanos de origem mais humilde e os nomeou de ORDINÁRIOS, os forçando a trabalhar arduamente, entre outras coisas, na construção de um muro em volta das ultimas cidades que ainda detinham o que sobrou da natureza, em troca de pouquíssima água e comida. E é nesse cenário de desigualdade social que a trama se desenrola.

Ane é uma jovem ordinária, doce, caridosa e determinada. Que mesmo trabalhando duramente todos os dias, a noite ainda tem forças para ajudar quem precisa. Ela vive com sua mãe Amanda e ambas são muito queridas entre os ordinários.
Henri é um forasteiro, que chegou a vila de ordinários que Ane mora alegando que perdeu os país na construção das muralhas de outra cidade e por isso partiu em busca de outro lugar pra viver. Ele é lindo, misterioso e detém o incrível poder de tirar Ane do sério.

Resenha: Primeira Alvorada - A Lua de J.H. Paschoal

03 março 2015

Oi gente,
prometi que voltava hoje trazendo uma resenha de uma distopia que era babado,
então demorei mas voltei.

A resenha de hoje é do livro Primeira Alvorada - A Lua, o primeiro livro de uma distopia, surpreendente e encantadora, espero que vocês curtam!


Ficha Técnica :
Título: Primeira Alvorada : A Lua , Livro 1”
Autor: J.H. Paschoal
ISBN: 978 85 88121 53 9
Editora:  Idea Editora
Páginas: 192
Leia a sinopse e adicione o livro no Skoob

Resenha - Terras Metálicas de Renato C. Nonato

13 agosto 2014

Edição: 1
ISBN: 9788576797968
Editora: Novo Século
Ano: 2012
Páginas: 616
Sinopse:
A Última Guerra lavou a atmosfera com uma massa nuclear, tornando-a incapaz de sustentar a vida. Para continuar sobrevivendo, a humanidade precisou se adaptar, isolando-se numa atmosfera artificial: a Esfera, local onde tem se mantido com o passar das gerações. A utopia da sociedade reinou desde então, com a paz sendo mantida com mão de ferro pela Elite. Mas essa paz pode acabar… Raquel é uma recém-formada em primeiro nível na Academia, que passa seu tempo livre entre Saturno – o parque temático da Esfera – e divagações sobre seu sonho de voar. Ao iniciar uma nova etapa de vida, ela vai encarar a cerimônia de implante que pode tornar esse sonho realidade, se a habilidade dos Túneis lhe for conferida. Mas essa nova etapa também vai levá-la por caminhos perigosos… Raquel descobrirá que o IA, responsável por todos os sistemas de sobrevivência da Esfera, está com os dias contados. Como manter a sanidade sabendo que a vida tal qual você conhece está para acabar? Raquel ainda não tem essa resposta, mas vai precisar encontrá-la. E para isso ela precisará, mais do que nunca, da ajuda de seus amigos… Tashi, Tales, Ângelo, Camila, Liceu, Isabela e Nirvana lhe darão sustentação quando tudo o mais na utópica Esfera estiver ruindo.