Mostrando postagens com marcador Biografia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Biografia. Mostrar todas as postagens

Resenha: Ó, O Globo - Ana Beatriz Manier

22 fevereiro 2017



Edição: 1
Editora: Valentina
ISBN: 9788558890373
Ano: 2017
Páginas: 192
Compre: Amazon - Saraiva - Submarino
Sinopse: Sou um ícone da carioquice, um amigo de infância, dizem até que já sou membro da família. Memória gustativa de 99,9% dos que no Rio de Janeiro vivem, viveram ou viverão. Sou repleto de curiosidades. Estreei por aqui no Aterro do Flamengo, fiz fama em Botafogo. Sou sessentão, mas nem pareço. Sou redondo e farelento, com muito orgulho. Sempre fresquinho, só ando de verde ou vermelho. Tem quem goste de mim bem bronzeado. A maioria me prefere salgado. O mate é meu melhor amigo, somos quase inseparáveis. Adoro praia, estou sempre no Maracanã, não importa qual time esteja em campo. É verdade o que dizem por aí, não circulo por rua pouco movimentada. Embora meus pais tenham raízes espanholas e portuguesas, sem mandioca eu nada seria. Detesto publicidade, “Pra quê?”, pergunto, “Se já sou tão querido!” Metido a iguaria, frequento festas descoladas, mas não perco as infantis, não mesmo. Tenho um parente que vive tentando me imitar, nem ligo. Sou saudável e nutritivo, pode me traçar sem culpa. Uns gostam, outros me adoram. Há até os que me idolatram, é sério (afinal, sou global). Bem, há um ianque que me detesta, lá em Nova York, tá out ele. Minha receita de sucesso? Sou feito com muito amor e carinho.
 Oi gente, hoje eu estou aqui pra trazer para vocês uma resenha totalmente diferente, pois essa é até uma leitura que veio me tirar da minha zona de conforto por se tratar da resenha de uma biografia e não de uma biografia comum, mas da biografia de uma marca. Como vocês puderam notar a marca em questão é o Biscoito Globo, uma marca que eu incrivelmente por morar em um estado "so so far away" e nunca ter ido ao Rio, acabei só tendo a oportunidade de conhecer agora, através da Editora Valentina.

Resenha: Tristeza em pó - Daniele Toledo

16 setembro 2016



Edição: 1
Editora: nVersos
ISBN: 9788584440795
Ano: 2016
Páginas: 176
Sinopse:“A mentira que me fez ser presa, espancada e violada para o resto da minha vida, por ter sido acusada de matar minha filha Victória, de 1 ano e 3 meses, com cocaína na mamadeira.” Segundo turno da eleição presidencial no Brasil. Enquanto brasileiros se levantam para ir às urnas e decidir o futuro do país, num pequeno pronto-socorro localizado na interiorana Taubaté, a 120 quilômetros de São Paulo, uma jovem de apenas 21 anos tem o rumo de seu destino, terrível e irremediavelmente alterado. A dona de casa foi presa, acusada de matar a filha de 1 ano e 3 meses. Segundo a polícia ela havia colocado cocaína na mamadeira da criança. Após ser presa, espancada e sofrer graves sequelas pelo resto da vida um laudo aponta que as substâncias encontradas foram receitadas. A jovem conta tudo que passou neste livro comovente.
TRISTEZA EM PÓ a história verídica de uma das maiores injustiças e maldades contra uma mãe que a medicina, a justiça e a mídia cometeram no Brasil.
Através de um relato comovente, Daniele Toledo conta o seu drama, sobre ter sido acusada injustamente de matar sua filha Victória, de 1 ano e 3 meses, com cocaína na mamadeira. Uma mentira que a levou à prisão e deixou marcas profundas para o resto de sua vida.
Os depoimentos de Daniele, são repletos de emoção do começo ao fim do livro, e revela o retrato de um lado sórdido e obscuro da história, trazendo à tona os detalhes cruéis do que ocorreu, levando o leitor a uma reflexão sobre os valores e as atitudes impensadas que a fez passar por tanto sofrimento injustamente.

Resenha: Uma Noite em casa de Amália

06 junho 2016




Edição: 1
Editora: Chiado
ISBN: 9789895107285
Ano: 2013
Páginas: 133
Sinopse: Dezembro de 1968. Dezanove de dezembro. Vinicius parte amanhã para Roma onde irá passar o Natal. Esta noite em Casa de Amália há uma pequena festa de despedida. Por entre a penumbra que está na sala começo a distinguir alguns rostos: a Amália, o Vinicius, a Natália Correia, o Oulman, o José Carlos Ary dos Santos... mas nem há tempo para saudações; é justamente o Ary dos Santos quem vai recitar...

Resenha: Norma Benguel (Autobiografia)

12 abril 2016



Edição: 1
Editora: nVersos
ISBN: 9788564013681
Ano: 2014
Páginas: 366
Sinopse:Carioca de Copacabana, nascida em 1935, Norma Bengell começou sua carreira artística como manequim na Casa Canadá, até que seu charme e carisma a levaram aos palcos do Teatro de Revista. Num espetáculo, quando ainda dançava nas últimas fileiras, foi assistida por Carmen Miranda, que prenunciou: “Menina, desta turma toda, você é quem vai ser uma grande estrela”.
A profecia rapidamente se cumpriu. Norma Bengell estreou no cinema ao lado do grande Oscarito, em O Homem do Sputnik. Das chanchadas da Atlântida Cinematográfica, Norma passou para as telas do Cinema Novo, onde escandalizou ao aparecer nua em Os Cafajestes, e pegou sua primeira passagem para Cannes, com o elenco de O Pagador de Promessas. Da França, Norma voou direto para Itália, onde atuou com o renomado diretor Alberto Lattuada, manteve um tórrido affair com o ator Alain Delon e encenou mais de uma dezena de filmes.
De volta ao Brasil, ela teve um papel de destaque na bossa nova e nas manifestações de 1968. Lutando contra a ditadura, acabou no exílio, em Paris. Na França, encenou Marivaux, marcou presença no Théâtre National Populaire e foi condecorada pelo então presidente François Mitterrand. Mas Norma gostava mesmo era do Brasil. De volta ao país de origem, deixou para trás o papel de sex symbol e, nos anos 1980, reivindicou o posto de diretora de cinema também para mulheres ao lançar seu primeiro longa, Eternamente Pagu.
Nos anos 1990, tomou a dianteira no processo de retomada do cinema brasileiro, que agonizava, ao bater na porta do gabinete dos presidentes Fernando Collor e Itamar Franco para brigar por financiamentos e pela aprovação da Lei Rouanet. O que esperar da obra lançada pela nVersos Editora, com uma história de vida como esta? Tudo!

Resenha: Bom Dia, Sr. Mandela, de Zelda la Grange.

24 junho 2015




Edição: 
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581636184
Ano: 2015
Páginas: 432
Sinopse: Bom Dia, Sr. Mandela conta a extraordinária história de uma jovem que teve suas crenças, preconceitos e tudo em que sempre acreditou transformados pelo maior homem de seu tempo. A incrível trajetória de uma datilógrafa que, escolhida para se tornar a mais leal e devotada assessora de Nelson Mandela, passou a maior parte de sua vida trabalhando ao lado do homem que ela passaria a chamar de Khulu, ou avô.